Bubble Beauty - Alpine anuncia Oscar Piastri na Fórmula 1 em 2023

0

Piloto australiano vai competir na Fórmula 1 no lugar de Fernando Alonso. Oscar Piastri foi campeão da Fórmula 3 e Fórmula 2

Oscar Piastri é bicampeão da F2, assim como Leclerc e Russel
Oscar Piastri é bicampeão da F2, assim como Leclerc e Russel


A escuderia BWT Alpine F1 Team confirma a promoção do piloto reserva Oscar Piastri, de 21 anos, para atuar como companheiro de equipe de Esteban Ocon, a partir de 2023. De acordo com o contrato da equipe com o australiano, Piastri será promovido a piloto de corridas e assumirá o volante no lugar de Fernando Alonso, a partir do ano que vem.

RecebanotíciasnoWhatsApp!
Inscreva-se em nosso canal no YouTube
Assine nosso canal no Telegram

Piastri tem sido membro da família Alpine há quatro anos. Nascido em Melbourne, o piloto entrou para a Alpine Academy depois de ter sido campeão da Fórmula Renault Eurocup, em 2019. Com o apoio e a preparação proporcionados pela Academy, Oscar Piastri foi Campeão da FIA de Fórmula 3 em 2020, conquistando a terceira coroa nos esportes a motor ao ser consagrado Campeão da FIA de Fórmula 2, em 2021. O australiano também é apenas o terceiro piloto na história – depois de Charles Leclerc e George Russell – a conquistar dois títulos consecutivos na Fórmula 2 e Fórmula 3.

Em sua preparação para a Fórmula 1, Oscar foi contratado como piloto reserva da BWT Alpine F1 Team no início de 2022. Desde então, ele passou por um programa completo e intensivo de preparação, sob a direção da equipe e total apoio financeiro da escuderia, com testes privados no A521, o monoposto da Alpine que venceu um Grande Prêmio em 2021. Sua preparação para evoluir para a F1 também incluiu a participação em sessões no simulador e presença em circuitos.

Agora, a Alpine espera a próxima etapa da carreira de Oscar Piastri na F1, ao lado de Esteban Ocon.

Leia também:

VÍDEO: Guanyu Zhou sobrevive após acidente na Fórmula 1
A resposta de Hamilton ao comentário racista de Piquet

“Oscar é um talento raro e brilhante. Temos orgulho de tê-lo preparado e apoiado durante toda sua trajetória nas fórmulas de promoção, que têm um nível de competitividade extremamente alto. Graças à nossa parceria nos quatro últimos anos, pudemos observar seu desenvolvimento para se tornar um piloto mais do que pronto para evoluir para a Fórmula 1. Como piloto reserva, ele estava próximo da equipe de pista, na fábrica e nos testes, onde demonstrou ter maturidade, com uma promissora e necessária velocidade para garantir sua promoção em nosso segundo banco de competição, como companheiro de Esteban Ocon. Juntos, acreditamos que esta dupla vai nos garantir a continuidade de que precisamos para atingir nosso objetivo de longo prazo, que é brigar ainda mais por vitórias e títulos”, diz Otmar Szafnauer, Diretor da Escuderia BWT Alpine F1 Team