Bubble Beauty

Notícias

Bubble Beauty - SUV chega ao mercado a partir de R$ 78,9 mil

Modelo francês é espaçoso e cativa pelo design exterior, mas Renault Captur top de linha vem com câmbio automático de apenas quatro marchas

Por Thiago Ventura

Demorou, mas chegou. Quatro anos depois de estrear no mercado europeu, o Renault Captur começa a ser vendido em março na rede de concessionárias da marca no Brasil. Para compensar a longa espera, o SUV chega nacionalizado, fabricado na planta de São José dos Pinhais (PR) e com detalhes exclusivos para o mercado latino. O serviço foi feito em parceria dos centros de design no Brasil e na França.

A novidade vai ficar situada acima do Duster no mix da Renault. O Captur vai concorrer com os líderes do segmento, Honda HR-V e Jeep Renegade e outros modelos como Chevrolet Tracker, Nissan Kicks, Hyundai Creta, Peugeot 3008 e Ford EcoSport, dentre outros.

O Captur é construído com base no Duster e herda o bom espaço interno: 4,33 metros de comprimento; 1,81 metros de largura; 1,62 metros de altura e 2,67 metros de distância entre eixos. São 212 mm de altura do solo e ângulo de entrada de 23° e ângulo de saída com 31°. Neste primeiro momento o Captur será vendido em duas versões: Zen 1.6 SCe manual de 120 cv e Intense 2.0 automático de quatro marchas e 148 cv.

Tabela de Preços
Renault Captur Zen 1.6 SCe manual – R$ 78.900
Renault Captur Intense 2.0 automático – R$ 88.490

As linhas do carro seguem a nova identidade visual da Renault e são assinadas pelo Technocentre da Renault, na França, em parceria com o Renault Design América Latina (RDAL). Em todas as versões oferece luzes diurnas em LED no formato ‘C’. Na traseira lanternas com luzes de LED com efeito 3D.

O Captur estreia um novo quadro de instrumentos: associa um velocímetro digital e displays em formato de meia-lua de cada lado. O computador de bordo digital é visualizado logo acima do conjunto. O interior ainda pode receber o acabamento em dois tons, dependendo da versão. No entanto, o resultado final fica aquém à beleza exterior. O interior é melhor que do Duster, mas aquém a rivais como o Renegade ou HR-V.

O SUV traz chave cartão (de série na Intense, opcional na Zen) que possibilita a ignição simplesmente com a presença do cartão no interior do veículo, através de um botão ‘Start’ no console. Já a abertura e o travamento das portas e do porta-malas acontecem por aproximação ou afastamento, sem necessidade de tocar no cartão.

Motores e equipamentos

O  motor 1.6 16V SCe da versão Zen foi recém lançado na linha Logan, Sandero e Duster. Oferece 120 cv a 5.500 rpm com etanol e 118 cv a 5.500 rpm com gasolina. Em torque, são  158 Nm a 4.000 rpm seja com etanol ou gasolina. Cerca de 90% do torque do motor já é oferecido a 2.000 rpm.

Já o Captur Intense virá com motor 2.0 16V tem 148 cv a 5.750 rpm quando abastecido com etanol e 143 cv a 5.750 rpm quando abastecido com gasolina. A oferta de torque é de 204 Nm a 4.000 rpm, quando abastecido com etanol, e 198 Nm a 4.000 rpm com gasolina. A transmissão é a antiga automática de apenas quatro marchas que já está na linha há muito tempo. Com exceção de Duster e Hyundai Tucson, todos os outros concorrentes têm transmissão com cinco, seis ou mesmo do tipo CVT. E o consumidor vai pagar quase R$ 90 mil por isso.

Desde a versão inicial o Captur conta de série com itens como: controle eletrônico de estabilidade (ESP), controle eletrônico de tração (ASR), quatro airbags (dois frontais e dois laterais) e  sistema de fixação ISOFIX para duas cadeirinhas infantis. Há ainda  luzes de rodagem diurna LED (DRL), assistência de partida em rampas (HSA), dentre outros.

Também completam o pacote inicial direção eletro-hidráulica, volante com regulagem da altura, ar-condicionado, rodas aro 17 polegadas de liga leve, vidros elétricos, alarme perimétrico, comando de áudio e celular na coluna de direção (comando satélite), assento do condutor com regulagem de altura, sistema CAR (travamento automático das portas a 6 km/h), retrovisores rebatíveis e piloto automático com indicador e limitador de velocidade.

O Captur Zen tem como opcionais  a central multimídia Media Nav com câmera e sensor de ré (R$ 1.900) e a pintura biton (teto em cor diferente do resto). São nove combinações por R$ 1.400.

Já o top de linha Intense 2.0 acrescenta de série Media Nav 7” touchscreen, câmera de ré, ar-condicionado automático, sensor de chuva, farol de neblina com função Cornering Light, sensor crepuscular. Bancos de couro e a pintura biton são opcionais.
O Captur terá ainda as versões Zen 1.6 SCe CVT e Intense 1.6 SCe CVT. No entanto, essas versões (bem mais interessantes, diga-se de passagem) só chegam em junho!

Bubble Beauty

Fotos, notícias, lançamentos, testes, vídeos e dicas sobre veículos. Bom humor e lifestyle!

Posts recentes

Oportunidade: Peugeot e-2008 GT 100% elétrico cai para R$ 159 mil

SUV compacto agora custa R$ 10 mil a mais que o BYD Dolphin EV. Peugeot…

2 dias

Oficial: Salão do Automóvel 2024 é confirmado pela Anfavea

Mercado brasileiro deve crescer 8% nas vendas no próximo ano. Anfavea confirma Salão do Automóvel…

2 dias

Volvo Car tem novo presidente no Brasil: Marcelo Godoy

Executivo brasileiro assume comando da marca sueca com foco em eletrificação. Marcelo Godoy aposta no…

2 dias

Toyota Corolla Cross XRX 2.0L: nova versão por R$ 190 mil

Antes apenas híbrido, agora SUV médio oferece motor 2.0 clássico na versão top de linha.…

3 dias

Fiat Titano 2024: revelada rival de Hilux e Ranger

Picape média terá motor turbodiesel e tração 4x4. Nova Fiat Titano 2024 chega ao Brasil…

3 dias

IPVA 2024 MG: escala de pagamento volta para janeiro

Proprietários de veículos já devem se preparar para o IPVA 2024 MG. Governo apresenta escala…

4 dias
Bubble Beauty Mapa do site

1234