Bubble Beauty - Renegade fracassa em crash test e Jeep leva puxão de orelha

0

SUV ganha apenas uma estrela e Latin NCAP diz que Stellantis faz propaganda enganosa. Jeep Renegade 2023 avaliado não é a versão vendida no Brasil

Jeep Renegade: apenas 1 estrela em crash test
Jeep Renegade: apenas 1 estrela em crash test

Os resultados de 2023 do Programa de Avaliação de Veículos Novos para a América Latina e o Caribe (Latin NCAP) foram divulgados neste 5 de julho, revelando uma boa notícia para o Volkswagen Taigun, que obteve cinco estrelas, e uma decepção para o Jeep Renegade, que recebeu apenas uma estrela.

O Jeep Renegade, fabricado no Brasil, apresentou um desempenho desfavorável. O veículo, que oferece dois airbags e controle eletrônico de estabilidade (ESC) como equipamento padrão, obteve 48,71% para a Proteção do Ocupante Adulto, 66,71% para a Proteção do Ocupante Infantil, 45,32% para a Proteção de Pedestres e Usuários Vulneráveis e 55,81% para os Sistemas de Assistência à Segurança.

O Renegade foi submetido a testes de impacto frontal, impacto lateral, chicoteamento cervical (whiplash), proteção de pedestres, assistência à velocidade e controle eletrônico de estabilidade. No teste de impacto frontal, a cabeça de uma criança de 18 meses entrou em contato com o banco dianteiro, resultando na perda de pontos.

O teste de impacto lateral mostrou boa proteção para o corpo, porém proteção marginal para a cabeça, provavelmente devido à falta de proteção lateral padrão. O teste de impacto lateral contra poste não foi realizado, uma vez que os airbags de cortina laterais e os airbags laterais de corpo são opcionais nesse modelo. As tecnologias de frenagem automática de emergência (AEB) e sistemas avançados de assistência ao condutor (ADAS) são oferecidas como opcionais, mas não atendem aos requisitos mínimos do Latin NCAP para serem avaliadas e pontuadas.

LEIA:
Dono protesta com Volvo XC40 queimado na porta da concessionária
GWM Haval H6 vende mais que Corolla Cross em maio
VÍDEO | Nissan Sentra 2023 Exclusive ganha pelo design e conforto
Jeep Renegade é investigado pelo MP por grave defeito
Novo carro popular: Governo reduz imposto para modelos até R$ 120 mil

Não é o Renegade vendido no Brasil

A versão testada do Jeep Renegade foi adquirida no Panamá e está disponível em muitos outros mercados. O fabricante do veículo recusou-se a realizar uma avaliação voluntária, que envolveria mais testes de colisão no equipamento de segurança opcional, para demonstrar seu desempenho aos consumidores.

No Brasil, o Renegade possui de série seis airbags seis airbags, faróis e lanternas em LED, controle de cruzeiro, alerta de mudança de faixa, frenagem automática de emergência. Naturalmente deverá ter um desempenho bem melhor!

RecebanotíciasnoWhatsApp!
Inscreva-se em nosso canal no YouTube
Assine nosso canal no Telegram

O Latin NCAP avalia a versão básica de equipamentos de segurança passiva dos modelos e recomenda que os consumidores adquiram versões equipadas com tecnologia ADAS avaliada e com bom desempenho nos modelos apresentados.

Stellantis engana o consumidor, diz Latin NCAP

Em 2015, o Jeep Renegade foi avaliado pelo Latin NCAP e recebeu cinco estrelas de acordo com os protocolos de avaliação vigentes na época (2013-2015). Os fabricantes de veículos podem utilizar os resultados da classificação por estrelas do Latin NCAP por até quatro anos após a data de publicação para fins de publicidade e marketing. No entanto, o Jeep continuou a utilizar o resultado de 2015 além desse período, inclusive para o modelo de 2023, realizando adaptações de design incorretas e não autorizadas, segundo a entidade.

Prints do site da Jeep em vários países: Marca usa grife “5 estrelas” com teste feito há mais de oito anos

“É decepcionante a comunicação enganosa que a Stellantis faz aos consumidores da América Latina e do Caribe. O Latin NCAP insta a Stellatis a mudar esse enfoque, a melhorar o equipamento básico de segurança dos veículos e a oferecê-los voluntariamente para que o Latin NCAP avalie e mostre aos consumidores seu desempenho. Os resultados recentes dos modelos da Stellatis, como o Fiat Strada, o Peugeot 208 e o Fiat Argo / Cronos, bem como o Renegade, mostram que a fraca estratégia do fabricante em relação a veículos mais seguros na região é inaceitável. Esse caso demonstra mais uma vez a necessidade de padronizar a rotulagem de segurança dos veículos, incluindo a classificação por estrelas do Latin NCAP, diz Alejandro Furas, Secretário Geral do Latin NCAP.